A importância dos Seguros na hora das enchentes

A importância dos Seguros na hora das enchentes

O começo do ano é marcado, em várias regiões do Brasil, por muita chuva. O excesso do volume de água, causa, em várias cidades, todos os anos, problemas de inundações. Neste ano já vimos episódios marcantes nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. É tanta água que carros ficam submersos, móveis, eletrodomésticos e até casas são perdidas. São nessas horas que o seguro passa a ter um papel muito importante.

Porém, não basta apenas ter um seguro. É importante saber o que está incluso no mesmo, pois, em muitos casos, quando você mais precisar, você não terá cobertura para o que você precisa.

Seguros automotivos

Para ilustrar este caso, usaremos um episódio que aconteceu em São Paulo, nos alagamentos que aconteceram na última segunda-feira. A água acabou invadindo um estacionamento subterrâneo na Zona Oeste. Dentro os carros submersos, estava uma Lamborghini Hurácan 2015. Trata-se de um veículo avaliado em mais de R$ 1,6 milhão.

Você já imaginou o tamanho do prejuízo caso o proprietário não tenha seguro? (e ele não tinha seguro!) Independente do valor do carro, qualquer caso de danificação do veículo sem a existência do seguro pode trazer grande prejuízo para o bolso do proprietário. De acordo com a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSEG), cerca de 70% dos veículos circulam sem cobertura.

É aí, então, que aparece a importância dos seguros, e mais do que isso, de como eles funcionam. No caso dos seguros automotivos, a maioria deles possui a chamada cobertura compreensiva, que engloba colisões, incêndios, roubo, furto e danos de enchentes. Porém, este último é válido para quando o carro estiver parado. A proteção não é válida quando o motorista tenta atravessar o alagamento.

E nesta época do ano não é só a água que vem em peso, mas também os ventos e os temporais. Desta forma, além dos estragos feitos pela água, é muito comum também os veículos serem danificados pela queda de árvores, postes e muros. Nestes casos, os seguros também fazem a cobertura.

Seguros residenciais

Além dos carros, muitas casas também são tomadas pela água da chuva. Isso pode trazer perdas de móveis e eletrodomésticos. Assim, é importante que no seguro exista a cobertura contra alagamento e inundação. Vale ressaltar que nem todos os seguros possuem esta cobertura!

Além desta cobertura, em decorrência dos raios dos temporais, é importante que também exista uma cobertura que garanta indenização por perdas e danos materiais.

Entenda a importância dos seguros. É muito comum as pessoas acharem que estão isentas dos riscos, logo, “economizam” com os seguros. Porém, como vimos, este tipo de “economia” pode ser aquela que, no final das contas, faça a pessoa gastar muito mais do que imagina.

Deixe uma resposta

Fechar Menu