Como o Empréstimo Empresarial ajuda a sua empresa a crescer

Como o Empréstimo Empresarial ajuda a sua empresa a crescer

Diferente do que muitos acreditam, um empréstimo pode sim ajudar no crescimento de uma empresa. A utilização de um capital externo não deveria ser visto como um mal necessário para situações extremas e negativas, mas sim como uma maneira de ter acesso aos recursos que possibilitam uma empresa de realizar seus planos e crescer.

Todo empreendedor com uma visão de futuro, que sabe aonde quer chegar, entende que precisa dar alguns passos importantes para atingir seus planos e ver seu negócio decolar.

Mesmo que tenha dinheiro em caixa, mexer nessa quantia pode atrapalhar o fluxo financeiro. Uma solução para evitar essas complicações nas finanças do seu negócio, é com um empréstimo empresarial.

Você mantém o fluxo do seu caixa e ainda vai ter uma renda alternativa para investir no crescimento da empresa. Fazer reformas, comprar estoque, equipamentos, manutenção e reformas, troca de maquinários e muitas outras necessidades que precisam de apoios financeiros para acontecerem.

Decidi pelo empréstimo, e agora?

Na teoria, ter acesso ao crédito no Brasil não é uma tarefa super simples. O que fazer para conseguir capital para minha empresa? Como saber com quem contar? Será que os bancos tradicionais são a única opção?

Hoje, o universo digital está em tudo no nosso dia a dia. Em tempo onde tudo é online, rápido e passamos grande parte do dia conectados, por que complicar tanto quando o assunto é o serviço financeiro? As fintechs vêm para desburocratizar os meios financeiros e, principalmente, os serviços de empréstimos.


E quando falamos dessas empresas de tecnologia, o que se espera é que elas entreguem serviços mais rápidos, fáceis, abrangentes, com preços mais justos, atendimento humano, super digitais e por aí vai. O produto é sempre pensado para entregar a melhor experiência possível para o consumidor.

As fintechs de crédito para empresas surgem com o objetivo de facilitar e agilizar o processo de empréstimos para Pessoa Jurídica.

Então, o que antes gerava muita dor de cabeça e demandava tempo demais para o empreendedor, passou a ser a grande saída para aqueles que precisam de apoios financeiros rápidos.

Mas empréstimo online é confiável?

Crédito é questão de confiança. Por isso, não se assuste caso as fintechs peçam alguns dados e documentos. É assim que as empresas de tecnologia constroem confiança e avaliam a capacidade de pagamento de um financiamento.

O mais importante é ter cuidado com armadilhas! Empreendedores devem estar atentos a alguns pontos importantes antes de pedirem empréstimos digitais.

É super importante pesquisar sobre as empresas, ver o endereço, fotos, páginas nas redes sociais, os endereços de e-mail que usam nas comunicações, comentários e avaliações de clientes para desviar de possíveis fraudes.

Nunca faça depósitos antes de ter o valor do empréstimo na sua conta. Esta prática é ilegal no Brasil, então fique atento para não entrar em uma fria!

Planejando o  seu empréstimo

Um bom planejamento possibilita o crescimento e mantém o controle administrativo do negócio, sempre com o foco em não comprometer a  saúde financeira da empresa.

Antes de pedir qualquer empréstimo é super importante fazer uma análise do cenário atual do seu negócio e, depois de um bom planejamento financeiro,  começar a pensar em qual o valor do crédito será necessário para o seu investimento. Seja específico, saiba qual a sua real necessidade.

Planejamento para esse momento faz toda diferença na hora de conversar com os analistas de crédito que irão tirar dúvidas com você. Além disso, um empréstimo nunca deve ser feito sem organização financeira, porque pode acabar comprometendo a saúde financeira do negócio.

Saiba sobre os juros e CET cobrados

Para facilitar a vida do consumidor ao comparar as diferentes ofertas de crédito feitas por instituições financeiras, o Banco Central do Brasil estipulou, por meio da resolução nº 3.517, que seja divulgado o Custo Efetivo Total (CET) no momento da contratação do empréstimo.

A CET é uma taxa que é calculada levando em consideração todos os encargos e despesas envolvidos na operação de crédito, incluindo os juros, tributos, seguros, custos relacionados ao registro de contrato e outras despesas cobradas na operação, o que faz com que a taxa real aumente.

Sua empresa consegue pagar as parcelas?

Imagine um caso prático onde sua receita mensal seja de R$10.000, seu lucro seja de R$2.000 (margem de lucro de 20%) e o seu empréstimo de R$20.000 seja pago em 12 parcelas de R$2.122. Em um mês normal, o seu lucro não será suficiente para honrar seus compromissos. Caso o empréstimo fosse de um valor de R$10.000, com parcelas de R$1.050 seria mais adaptado a realidade da sua empresa.

Uma dica para garantir que os cálculos e o planejamento financeiro estejam corretos e completos, seria buscar uma assessoria contábil para apoiá-lo. E, para ajudar na organização, seria interessante usar ferramentas de gestão e planilhas de organização financeira. Isso vai ajudar no momento de pedir o empréstimo e também na administração enquanto estiver pagando as parcelas.

Conseguindo empréstimo online e sem garantia reais

Se você tiver com seu “nome limpo” e sua situação fiscal regularizada, o processo de solicitação de crédito é simples e rápido quando realizado por meio das fintechs, como por exemplo a BizCapital, que concede empréstimo para pequenas e médias empresas em 24 horas.

Quanto mais organizado for o negócio, mais rápido entra o dinheiro na conta da empresa.


Esse texto foi escrito pelo time da BizCapital, que é uma Fintech de Empréstimo para Empresas, que tem como propósito ajudar pequenas e médias empresas a crescerem.

Deixe uma resposta

Fechar Menu