Qual é o melhor investimento?

Qual é o melhor investimento?

Creio que essa seja uma das perguntas mais comuns entre os investidores iniciantes ou até mesmo entre os mais experientes, afinal, quem não gostaria de ter essa resposta? A verdade é que não existe uma resposta simples para essa pergunta, não é fácil respondê-la com algo simples como “Tesouro Direto”, “Ações”, “CDI”, etc. Veremos então como responder essa pergunta da melhor forma.

Vamos analisar o gráfico abaixo, o qual mostra o valor total de uma aplicação de R$1000,00 ao longo de 10 meses:

 

A linha laranja mostra um investimento de Renda fixa, enquanto a linha azul representa um investimento em Renda variável. Perceba que no final do período de 10 meses, ambos apresentavam um rendimento muito similar, portanto, do ponto de vista de rendimento da aplicação, qualquer uma que eu escolhesse me traria o mesmo resultado, certo?

Esse é o primeiro problema! Imagine que você colocou seus suados mil reais em uma aplicação no banco, e descobrisse depois de 4 meses que ela estava valendo menos da metade do valor total aplicado! É exatamente nessas horas que o nosso cérebro nos prega peças e acaba fazendo as coisas muito mais pelo sentimento do que pelo racional. Se você tirasse o dinheiro 4 meses após a aplicação, teria perdido mais de R$500,00. Porém, mantendo o dinheiro lá, teria conseguido um rendimento equivalente a uma renda fixa.

Nós devemos saber o que aguentamos ou não em relação ao nosso dinheiro, se você não aguenta a oscilação e a volatilidade de uma renda variável, é melhor ficar longe dela! Maior rendimento não é o melhor investimento.

Um segundo ponto pouco abordado é a liquidez do investimento, ou seja, quando você precisa do dinheiro de volta? Diferentemente da poupança, a qual possui liquidez imediata, ou seja, o dinheiro volta para sua conta corrente quase instantaneamente, a maioria dos investimentos tem um prazo para reaver o dinheiro.

Abaixo está uma pequena lista com os principais investimentos e a liquidez de cada um deles, é muito importante entender as suas próprias necessidades financeiras antes de aplicar em um LCI, por exemplo.

  • Poupança: liquidez altíssima, pois o resgate do dinheiro é feito quase que instantaneamente. Basta solicitar o resgate e o dinheiro está na sua conta. Um dos motivos mais comuns para manter o dinheiro na poupança é a comodidade de tê-lo de volta quando você precisa
  • Títulos públicos: liquidez média, pois as vendas só ocorrem uma vez por semana. Existe uma data final para o resgate do dinheiro. O dinheiro estará disponível na sua conta em um dia útil (D+1).
  • Fundos de investimentos: liquidez de alta para média, pois, dependendo do fundo, é necessário entre um a quatro dias úteis para o dinheiro estar disponível em sua conta. Pode voltar para a sua conta no mesmo dia ou até um mês depois.
  • Imóveis: liquidez baixa, pois muitas vezes demora dias ou meses para vender um imóvel pelo preço que ele realmente vale.
  • Ações: depende do ativo, mas a liquidez geralmente é alta. Quando o papel é muito negociado (ex: Petrobras, Vale…), a venda é praticamente instantânea e, na maioria das vezes, pelo preço que você sugere. É necessário aguardar três dias (D+3) para a liberação do dinheiro na conta.
  • LCI/LCA: Esses ativos só podem ser convertidos novamente em dinheiro na data de seu vencimento.

Por fim, existe outro tipo de investimento, aquele que você faz para você mesmo! Ou seja, um curso, uma palestra que você assiste, um livro que você lê! O conhecimento é o investimento mais valioso hoje em dia, pois é ele que abre as portas para todo o resto.

É por esse motivo que a GFC – Gestão Financeira Criativa formou essa nova parceira com a Investimentos de Alta Performance. Serão produzidos relatórios alinhando conhecimentos de Educação Financeira com Investimentos. Fique por dentro das nossas redes sociais para receber esse material em primeira mão!


 

Pedro Finkler

Desde pequeno acompanhava os jornais falando sobre a Bolsa de valores e jurava que um dia estaria investido nela também. Adora acompanhar o Mercado Financeiro e aprender cada vez mais sobre esse vasto mundo de investimentos, principalmente em renda variável. Já ajudou várias pessoas a embarcar nesse universo e quer ajudar as pessoas a atingirem seus objetivos financeiros.

Deixe uma resposta

Fechar Menu