Qual plataforma de streaming vale mais a pena?

Qual plataforma de streaming vale mais a pena?

O crescimento das plataformas de streaming é inegável. Esse tipo de serviço já é responsável por 15% de market share e as marcas acumulam, juntas, mais sete pontos de ibope, ficando atrás somente da Globo, principal empresa em audiência no Brasil.

Com tantas opções disponíveis, fica difícil decidir qual plataforma de streaming vale mais a pena. E nos próximos tópicos, você confere algumas dicas para escolher a marca perfeita (ou mais de uma!).

Vamos levar em consideração o custo-benefício de cada plataforma para você assinar um bom conteúdo sem extrapolar seu orçamento.

O que é uma plataforma de streaming?

Quem usava internet dez anos atrás sabe o quanto era difícil assistir a um filme completo pela internet. Ainda bem que isso mudou.

Diferente do que acontecia há anos atrás, agora é tão simples ver séries e filmes, que às vezes é só abrir um aplicativo e dar play.

E isso se deve graças às plataformas de streaming, como Netflix e Amazon Prime. Elas são plataformas que funcionam com transmissão de dados por internet para reproduzir filmes, séries, documentários e vídeos.

Tudo isso sem que seja necessário baixar os arquivos no dispositivo em que o conteúdo será exibido.

Quem tem direito a essas ferramentas?

Com a popularização das ferramentas de streaming, as operadoras de TV por assinatura não perderam tempo e logo começaram a disponibilizar ferramentas para que os usuários acessem o conteúdo no celular e computador.

Quem é assinante de um plano de TV paga com canais exclusivos, como HBO e Telecine, normalmente já tem direito a usar os aplicativos.

Porém, atualmente, mesmo sem ser cliente das operadoras de TV,  é possível contratar apenas o streaming, com uma mensalidade bem mais em conta.

O que avaliar ao contratar uma dessas plataformas?

Assinar um plano de streaming é algo tentador — e muito fácil, já que, em poucos cliques, a assinatura está pronta. Justamente por isso, deve ser pensada com cuidado.

A tendência de pensar que o serviço custa apenas “R$ 30” ou até menos, leva à aquisição por impulso, mas é preciso avaliar alguns pontos, antes de se tornar cliente de um streaming.

Preço

Antes de contratar, veja se o preço cabe no seu bolso. Embora sejam, de forma geral, serviços baratos, a soma de mais de uma assinatura pode “pesar”.

Calcule o valor, inclusive, do serviço por ano. Uma plataforma com valor de R$ 10 por mês, ao final de um ano, sai por R$ 120.  

Catálogo

Também é importante conferir o que está disponível do catálogo das plataformas. Fique de olho em conteúdos originais e quais outros tipos de programas são oferecidos ao consumidor.

Vários streamings são focados em apenas um tipo de conteúdo, como algumas plataformas apenas de animes. Busque serviços que oferecem conteúdos mais adequados ao que você gosta, do gênero e formato que mais te agrada, seja ação, romance, documentários, etc. 

Quantidade de telas e Benefícios

Além do catálogo, é importante avaliar a quantidade permitida de dispositivos assistindo simultaneamente e se isso te atende.

Além disso, alguns streamings possuem mais benefícios, como parcerias com outras lojas ou cashback. Esse tipo de “mimo” representa uma boa economia, em médio e longo prazo.

Tempo livre para consumir o conteúdo

Por fim, é preciso se perguntar em qual momento o conteúdo dessas plataformas será consumido. 

Você realmente terá tempo para consumir os filmes e séries de várias assinaturas? Se não for possível, a assinatura pode ser um gasto desnecessário.

Uma dica para esse tipo de situação é aproveitar os 30 dias grátis que a maioria dos streamings oferece para consumir um pouco do conteúdo de cada plataforma até encontrar a que mais se encaixa com seus gostos.

Principais plataformas de streaming

Agora, vamos analisar cada uma das principais plataformas de streaming disponíveis no país, para entendermos as vantagens e desvantagens.

Netflix

A Netflix é uma das plataformas de streaming mais conhecidas do mundo. A marca, que começou como uma empresa de locadora de filmes, hoje conta com um catálogo com mais de 4 mil títulos. É muito coisa!

  • Benefícios: o plano padrão transmite em até 2 telas ao mesmo tempo e o cliente pode contratar a versão premium para assistir em até quatro telas.
  • Catálogo: focada em produções própria, a Netflix tem muito conteúdo original, como as séries “Stranger Things” e “Umbrella Academy”, além dos filmes “Beasts of no nation” e “Resgate”.
  • Preço: Atualmente, são três planos – o básico custa a partir de R$ 21,90 por mês, enquanto o Premium de 4 telas custa a partir de R$45,90 por mês.

Apesar dos benefícios, uma das desvantagens da Netflix é que o catálogo muda de um país e para o outro e se você é um cinéfilo interessado em grandes clássicos, pode se decepcionar.

Se optar pela Netflix, aproveite para conhecer seis filmes sobre investimentos disponíveis no catálogo da plataforma.

Amazon Prime

A Amazon Prime foi anunciada no Brasil em 2016. Inicialmente, o pacote contempla apenas o streaming, mas, hoje, é um serviço mais completo e cheio de benefícios para o assinante.

  • Benefícios: além de assistir a diversos filmes e séries, o assinante Prime tem direito a entrega grátis em milhares de produtos da loja virtual da Amazon; acesso a 2 milhões de músicas com o Prime Music; acesso a centenas de livros e revistas virtuais com o Prime Reading; e jogos gratuitos mensais, com o Prime Gaming.
  • Catálogo: a Amazon disponibiliza série e filmes clássicos, como “The Office”, “O Poderoso Chefão” e “Inimigos Públicos”, mas também tem investido em conteúdo original, como “The Boys” e “Hunters”.
  • Preço: R$ 9,90 por mês.

Mesmo com os benefícios, uma reclamação comum dos usuários é que a Amazon tem um layout pouco intuitivo e o nome das séries costuma não estar padronizado em todas as temporadas.

HBO GO

Esse é o serviço de streaming de um dos mais famosos canais de TV por assinatura do mundo. O cliente que assina o canal no seu pacote de TV já tem direito ao aplicativo. Se esse não é o seu caso, é possível assinar apenas o app separadamente.

  • Benefícios: assista a algumas das mais famosas e premiadas séries do mundo, como “Game of Thrones”, “The Handmaid’s Tale” e “Chernobyl”, quando e onde quiser.
  • Catálogo: o forte da HBO GO são as séries, mas também estão disponíveis diversos títulos de filmes e desenhos animados.
  • Preço: gratuito para quem é assinante de TV paga, ou a partir de R$ 34,90 / mês.

Um problema da HBO Go é que a conexão do app é instável e alguns usuários já reclamaram de perder partes da transmissão ao vivo de séries. Também é um dos serviços mais caros dessa lista.

Mas, se você for cliente da TV a cabo, é possível acessar o streaming através dos apps das próprias operadoras, como é o caso do SKY Play, oferecido pela SKY, e a Oi Play, da Oi TV.

Telecine Play

Esse app funciona de forma semelhante ao HBO GO: é a plataforma de streaming / conteúdo on demand da rede Telecine, outro grande conglomerado de canais de TV por assinatura. 

Quem é cliente de um pacote com esse canal pode acessar a ferramenta de graça, mas ela também está disponível para assinatura individual.

  • Benefícios: o serviço é ideal para quem gosta muito de filmes. Pode ser acessado em diferentes dispositivos, incluindo videogames. 
  • Catálogo: mais de 1800 filmes para assistir quando e onde quiser. Desde títulos clássicos, passando por cults até blockbusters.
  • Preço: gratuito, para quem é assinante de TV paga com o canal Telecine, ou a partir de R$ 37,90 por mês.

A desvantagem é que a conexão desse app também é instável e a plataforma é focada em filmes.

Globoplay

A maior operadora de TV aberta do país também começou a investir no serviço de streaming e está ganhando cada vez mais espaço no mercado.

  • Benefícios: a Globoplay tem um grande acervo da própria operadora. A cada 15 dias, uma nova novela entra no catálogo e é possível assistir todos os episódios de uma vez (se conseguir, é claro). Também é possível assistir a programação ao vivo.
  • Catálogo: muitas novelas, séries, conteúdo original e até série internacionais, como “O conto da aia” e “The Good Doctor”.
  • Preço: a partir de R$ 19,90 / mês (plano anual) ou R$ 22,90 / mês (assinatura mensal).

Uma desvantagem é a usabilidade do app, que ainda precisa melhorar, já que alguns programas demoram a carregar. Mas, se você pode assistir pelo computador, é uma excelente opção.

Apple TV+

A Apple TV+ e a plataforma de streaming da Apple. A ferramenta chegou há pouco tempo no Brasil, mas já mostra um conteúdo de alta qualidade, com investimento em séries originais.

  • Benefícios: ferramenta gratuita por um ano para clientes que adquirirem alguns equipamentos da Apple (elegíveis à promoção).
  • Catálogo: prepare-se para muito conteúdo original, como a já premiada “The Morning Show” e “Em defesa de Jacob”.
  • Preço: a partir de R$ 9,90 por mês 

Uma desvantagem é que o catálogo ainda é bastante limitado para o Brasil, já que nos Estados Unidos o app é mais usado.

Qual vale mais a pena?

Se para os seus hábitos, compensa ter um plano de TV por assinatura, uma dica é aproveitar o acesso gratuito a plataformas como HBO GO e Telecine Play.

Alguns canais de esporte, como Premiere e ESPN, também oferecem a modalidade de streaming, para o espectador estar sempre com a programação disponível.

Entretanto, para quem não tem TV paga, a Amazon Prime é a ferramenta com melhor custo-benefício, já que a assinatura oferece vantagens além do streaming, a exemplo da economia com frete em milhares de produtos.

Para avaliar realmente qual plataforma de streaming vale mais a pena, é importante estudar o catálogo de cada uma e ver qual delas se encaixa ao seu orçamento e a sua rotina de entretenimento.

*As informações sobre preços e catálogos foram tiradas dos sites das próprias plataformas.

—–

Este artigo é um guest post da redação do Melhor Plano

Deixe uma resposta

Fechar Menu