6 dicas para você fazer o controle financeiro do seu e-commerce

6 dicas para você fazer o controle financeiro do seu e-commerce

Iniciar a jornada de administração de um negócio tem muitos desafios, e tratando-se de uma loja virtual, isso não seria diferente. Por esse motivo, o controle financeiro do e-commerce deve ser feito de modo que o negócio tenha um bom desempenho. 

O comportamento do consumidor moderno certamente mudou com a chegada da internet e, com isso, surgiram novas formas de vender, como o e-commerce. Atuar de modo online traz muitas dificuldades, e uma delas é a administração do financeiro.

Pensando nisso, nesse artigo, vamos apresentar o porquê é importante ter uma gestão financeira eficiente na sua loja online, além de dicas de como fazer esse processo da maneira correta. Acompanhe!

Qual a importância de um bom controle financeiro?

É sabido que o controle financeiro é a alma do negócio, afinal, é com ele que o gestor decide para que áreas vão os investimentos e o que vai ser gasto em cada departamento. É com esse controle que se verifica como está o desempenho do estabelecimento.

Ademais, é de suma importância que essa tarefa seja feita com o máximo de atenção e cuidado, pois é por meio dela que se percebe os lucros, bem como as despesas. 

No entanto, no caso do e-commerce, a atividade pode ser um pouco mais complicada. 

Isso porque desenvolver as atividades de forma online pode ser um desafio para o gestor, que pode estar acostumado a gerir estabelecimentos físicos e lidar com papéis. 

Porém, é de extrema importância que as atividades sejam organizadas. Por isso, uma boa gestão deve ter:

  • Planejamento;
  • Organização;
  • Fluxo de caixa;
  • Análise.

O planejamento é o principal ponto que deve ser feito por um gestor financeiro, uma vez que com ele são avaliadas as reais necessidades do e-commerce. Logo, no planejamento é possível reservar dinheiro para futuras emergências.

Além disso, é nessa fase que o gestor decide como investir o dinheiro no negócio, escolhendo quais são os setores que precisam de mais atenção ou melhoria. É aqui, por exemplo, que o gestor decide se vai investir em uma nova ferramenta de suporte. 

Nesse sentido, para que o planejamento seja feito e aplicado de modo correto, é necessário que haja organização. Ademais, as contas precisam ser arrumadas e quitadas sem atrasos, para que o comércio funcione adequadamente.

Um estabelecimento que possui todas as suas despesas bagunçadas, dificilmente tem uma boa atuação. Ter compromisso e responsabilidade com a gestão é preciso para que os gastos não sejam maiores que os lucros.

Dessa forma, até mesmo uma fabricante de creme para rosto pode investir em uma administração de controle financeiro para ter mais organização e planejamento, para que o seu desempenho seja adequado.

Além disso, uma outra vantagem é o controle sobre o fluxo de caixa, fiscalizando o dinheiro que entra e sai do caixa.

Aqui, não estamos nos referindo somente às vendas: estão incluídos pagamentos de contas para o estabelecimento funcionar, como água e luz, além dos fornecedores e outras despesas. 

Esse controle determina como está o desempenho do estabelecimento, controlando todo o financeiro. Além do mais, é importante que tudo isso esteja registrado para que seja possível realizar um monitoramento. 

Por fim, faça uma análise de toda a administração. É fundamental que com essa verificação o gestor observe quais são os gastos e quais são os lucros, para fazer possíveis ajustes.

Nesse sentido, um e-commerce de joias que venda colar comprido feminino deve aplicar todos esses fatores na sua gestão para realizar uma boa administração do seu e-commerce e certificar-se que não haja problemas nas finanças que o levem à falência. 

O controle financeiro do e-commerce na prática

Existem muitas formas de fazer o controle financeiro de um e-commerce que podem ajudar o varejista a controlar o seu estabelecimento. Afinal, uma loja online exige que alguns detalhes sejam observados com mais cuidado. 

Sendo assim, confira algumas dicas de como controlar o financeiro de um e-commerce de maneira apropriada:

1 – Faça o controle do estoque

Essa é uma parte essencial de uma loja, uma vez que com essa informação, o gestor sabe quantas mercadorias ele ainda tem disponível para venda. 

É um aspecto essencial a ser levado em conta para que não haja erros nas vendas e o consumidor não compre um produto que não está mais disponível. 

Portanto, deve-se ter um domínio desse local para que o administrador saiba o que precisa ser reposto, o que está tendo mais saída e o que está parado. Por esse setor, também dá para analisar as condições do estabelecimento.

Além disso, com o e-commerce, o gestor é capaz de administrar para que a mercadoria, seja um kimono judô infantil ou qualquer outro produto, chegue na casa do consumidor no prazo correto. 

Sua loja online consegue manter o equilíbrio quando há o controle de seu estoque, garantindo, assim, um melhor atendimento e um aperfeiçoamento na sua gestão financeira. 

2 – Aplique um preço justo

As vendas de um e-commerce necessitam que o varejista pense em um fator a mais: o valor do frete. É preciso que seja definido quem será o responsável por pagar esse custo. Isso porque se for de responsabilidade do gestor, deverá ser incluso no preço de venda.

Além disso, lojas online também gastam, em alguns casos, com os valores de taxas das páginas. Portanto, da mesma maneira, é preciso que isso seja levado em consideração no momento de precificar as mercadorias.

Essa atividade é essencial para que o gestor não tenha prejuízos, cobrando um preço abaixo do que ele precisa para manter o comércio em funcionamento. É importante que os valores sejam justo tanto para a empresa, quanto para o consumidor. 

Dessa forma, uma empresa de contrato de prestação de serviços motoboy precisa avaliar as suas atividades para que os valores cobrados não sejam abusivos e nem baratos demais, prejudicando o estabelecimento.

3 – Utilize plataformas de gestão

Para que o trabalho de um e-commerce seja feito com o melhor desempenho, o ideal é que a loja tenha um sistema de gestão para ajudar na organização. 

Com uma plataforma de gestão, é possível que alguns trabalhos deixem de ser feitos manualmente, evitando erros e retrabalhos. 

Logo, na aquisição de um uniforme construção civil, o cliente terá a segurança de que as atividades para a efetivação da compra serão feitas mais rapidamente, com mais eficiência e agilidade.

Além disso, com esse sistema também é possível aumentar a segurança dos pagamentos, além de facilitar as cobranças, uma vez que uma plataforma de gestão é capaz de integrar todas as informações. 

4 – Acompanhe as métricas

Acompanhar as métricas é essencial para que o bom desempenho seja alcançado. Portanto, com o controle financeiro de um e-commerce não seria diferente, até porque é nessa etapa que é possível analisar o ambiente em que a loja online está inserida. 

Assim, fica mais fácil uma loja que vende bolo de milho fofinho na internet se certificar da saúde do seu negócio. Desse modo, a principal métrica a ser analisada deve ser o fluxo de caixa, pois este é o indicador de lucros e despesas de um e-commerce. 

Por isso, acompanhe aqueles fatores que afetam diretamente o controle financeiro, para que decisões equivocadas não sejam tomadas. 

Além de que para uma loja virtual, torna-se uma maneira de poder prever possíveis despesas e realizar os ajustes necessários para que não haja falência.

5 – Fuja da inadimplência

Todo negócio deve manter-se adimplente, ou seja, cumprir com suas obrigações financeiras, isso porque esse comportamento afeta diretamente o controle financeiro do estabelecimento. 

Desse modo, faça o pagamento de todas as contas em dia para que não haja multas e dívidas para serem negociadas. 

Assim, o ideal é controlar os gastos para que seu comércio online de letra caixa iluminada não atue no vermelho e só pensar no lucro no futuro.

6 – Faça um bom planejamento

Por fim, o sucesso do controle financeiro é o bom planejamento, dessa forma, elabore um planejamento que permita que o seu negócio tenha um bom desempenho, se algo está dando errado volte e replaneje tudo de novo. 

O planejamento vai permitir que o gestor tenha controle sobre todos os setores, além de um bom direcionamento, para que saiba como atuar em cada etapa de sua loja. Na sua elaboração, é essencial levar em consideração o público-alvo e o ramo do negócio. 

Considerações finais

É importante pensar em estratégias de vendas e formas de interação com o público, afinal, tudo isso permite que o comércio entenda o cenário que está inserido e possa escolher as melhores maneiras de atuar, melhorando seu controle financeiro. 

Sendo assim, e-commerces e empresas de todos os setores, inclusive uma de chave de carro codificada, deve planejar a forma como a sua loja atua para que as suas decisões sejam assertivas e seu controle financeiro seja adequado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu