10 dicas de economia para você planejar sua próxima viagem

10 dicas de economia para você planejar sua próxima viagem

Semiramis Moreira – Redação Hurb

Com a chegada de um clima mais ameno, o ânimo para viajar se torna bem maior – e você não vai querer desperdiçar essa oportunidade de viver mais histórias incríveis! Você poderá desfrutar de atividades ao ar livre e toda a sutileza que o clima de outono nos traz. E o mais legal: costuma ser a época mais econômica para viajar! Viagens fora de época + poucas pessoas = você curtindo muito mais!

Por isso, a gente vai te dar agora 10 dicas de economia para você planejar sua próxima viagem e dar aquela escapadela de outono, sem prejudicar seu orçamento.

Saiba escolher bem seu destino

Alguns locais podem ser mais agradáveis do que outros. Essa época é a ideal para encontrar promoções imperdíveis nos resorts do Caribe. Apesar de ainda ser a época dos furacões, o investimento ainda pode valer a pena. Considere, por exemplo, as chamadas ilhas ABC – Aruba, Bonaire e Curaçao – que geralmente estão fora do caminho da maioria das tempestades.

Você também pode viajar dentro dos EUA, em cidades como Chicago, Boston ou Nova York, considerados os melhores destinos de viagem no outono.

Investimentos de para uma viagem segura

Para qualquer viagem, adquira um seguro-viagem, de forma a não ser surpreendido por situações imprevistas. Serviços médicos-hospitalares no exterior não costumam ser cobertos pelos governos, por isso, tenha sempre à mão seu seguro-viagem. Ele é imprescindível inclusive nos casos de extravio de bagagens ou documentos; roubo, furto,

Ao ver uma oferta razoavelmente boa, reserve, porque pode ser que, com o aumento da procura, os valores também aumentem.

Planeje com antecedência

Faça um plano de voo antes de pensar em voar. O planejamento detalhado das viagens pode trazer muitas vantagens. Considere pontos importantes como ingressos para passeios, entradas de teatro, lanches, refeições, passagens aéreas que, compradas com antecedência, podem significar uma grande economia (cerca de 30 a 40% do custo total previsto de sua viagem).

Ao viajar pela América do Norte, o ideal é reservar as passagens aéreas com pelo menos duas a quatro semanas de antecedência, o que dá tempo de sobra para aproveitar este outono.

Para uma viagem internacional no final do outono ou o início do inverno deve ser reservada agora. De três a quatro meses antes da partida é a ocasião ideal para encontrar os melhores preços. Se essa é a sua primeira viagem internacional, procure por pacotes internacionais que concentrem os lugares de seu interesse.

Agora, se você for um viajante experiente, procure estabelecer um roteiro completo, com hotéis, passeios, atrações e cidades que você deseje conhecer. 

Inscreva-se para alertas de preços/ newsletters

Inscreva-se para receber alertas de preços em sites de viagens, que informarão quando a passagem aérea para o seu destino cair. Os preços das companhias aéreas mudam muito, por conta das oscilações do dólar, fatores externos e mesmo questões sócio-políticas.

Tenha flexibilidade

Nesses tempos de oscilações econômicas frequentes, ser flexível é ter mais opções de viagens. Se você pode ser flexível quanto a datas e horários de sua viagem, destinos, aeroportos, partida e chegada você terá maiores oportunidades de viajar. A gente sabe que o mais confortável muitas vezes não é o mais barato, entretanto, pegar o voo das 6h30 da manhã que ninguém mais quer ou viajar na quarta-feira em vez de na sexta-feira pode gerar uma economia significativa de passagem aérea.

Pesquisando as hospedagens

Independente de como você está chegando lá, seja de avião, trem ou automóvel, o lugar onde você ficará hospedado também pode ter um relativo impacto no seu orçamento.

Claro que você não precisa ficar num hotel 5 estrelas ou resort de luxo, mas além dos hotéis mais econômicos você pode apostar em pousadas mais simples ou mesmo em opções alternativas como hostels, por exemplo.

Economize nas despesas alimentares

Os gastos com comida são os maiores gastos da viagem. Almoços, jantares e lanches podem aumentar o custo rapidamente quando você está em viagem. Você pode reduzir essas despesas tomando café da manhã reforçado no hotel e fazendo compras no mercado de alguns itens frugais como iogurtes, snacks, biscoitos, pães e frios para um bom lanche da tarde/noite.

Os foodtrucks podem ser uma boa opção quando bem limpos e bem recomendados, o mesmo serve para pensões de comida caseira e barraquinhas de rua.

Agora se comer fora é uma realidade, opte por almoçar ao invés de jantar. Os almoços costumam ser mais baratos que os jantares.

Por fim, ela sugere ir a restaurantes mais agradáveis ​​para almoçar do que para jantar, já que o almoço normalmente custa menos.

Atenção às taxas embutidas

Você pode ter escolhido as passagens aéreas mais baratas ou mesmo ter usado suas milhagens, mas não se esqueça de verificar qual a taxa para bagagem despachada e bagagem de mão. Fique atento às taxas de embarque, estacionamento e a usabilidade de alguns setores dos resorts (nem todos os serviços são inclusos).

Explore um lugar de cada vez

A gente quer conhecer tudo de um lugar para não perder tempo, não é mesmo? Mas se você parar para pensar um destino bem conhecido é melhor do que simplesmente passar por diversos lugares e não viver em profundidade tudo o que o lugar tem a oferecer.

O pior disso é o gasto, muitas vezes desnecessário, que você acaba tendo com passagens de trem, de ônibus, táxis, aluguel de carro entre outros gastos que, se você ficasse em apenas um lugar, certamente não teria. Isso sem contar com o tempo gasto no trânsito entre um lugar e outro. 

Cuidado ao economizar dinheiro

  • Primeiro defina o quanto você quer ou pode gastar numa viagem. Tenha em mente quantos dias você quer ficar no destino, os gastos diários presumíveis, as despesas extras;
  • Considere um prazo razoável para poupar o dinheiro para gastar na viagem – de dois a quatro meses;
  • Compre pacotes de viagem com aéreo e hospedagem à vista ou parcelado sem juros, isso facilitará bastante seus gastos iniciais;
  • Caso opte por comprar passagens aéreas e hospedagem separados, pesquise os valores das passagens aéreas e as adquira primeiro e depois parta para a reserva dos hotéis;
  • Fuja de empréstimos a longo prazo – a viagem acaba, mas a dívida não. Opte por pagamento a vista sempre que puder e coloque no cartão de crédito os gastos mais inesperados;
  • Se você vai viajar com outras pessoas, como numa viagem em família, por exemplo, combine os gostos para que todo mundo se divirta muito.

Hurb valoriza o que é mais importante: Você. Conheça os pacotes de viagens a dois e viva mais histórias.


Este artigo foi escrito pela Semíramis Moreira, da Redação Hurb (semiramis.moreira@hurb.com)

Deixe uma resposta

Fechar Menu