Finanças criativas durante o distanciamento social

Finanças criativas durante o distanciamento social

Diante do recente quadro de instabilidade econômica encontrado no país hoje devido ao isolamento social, não podemos deixar de lado um tema importante de nossas vidas: nossa relação com o dinheiro. 

A forma com a qual lidamos com o dinheiro no Brasil não é uma das mais sadias: gastamos mais do que ganhamos, não aprendemos a guardar dinheiro, tampouco somos capazes de pesquisar preços e negociar descontos ou mesmo aproveitar as promoções – com isso, nossas expectativas se tornam frustradas porque quase nunca sobra um capital considerável para realizar uma viagem nos feriados ou comprar um bem durável. 

Neste post aprenderemos como planejar suas finanças de forma criativa durante esse momento de distanciamento – aproveitar o momento para cortar gastos, planejar os pagamentos segundo o aporte de recursos e negociar dívidas são as melhores estratégias que você poderá ter agora.

Organização

Você deve pensar no planejamento das entradas e saídas de dinheiro, ou seja, seus créditos e débitos. Se você vive com sua família, vocês podem começar organizando as contas familiares para saber quais os custos que devem ser mantidos ou cortados de seu orçamento. 

Numa planilha coloque todas as entradas de dinheiro de um lado e de outro todos os gastos mensais da família: contas fixas, mensalidades, serviços úteis, parcelamentos, etc. Pode ser que isso gere um certo desconforto à princípio, entretanto, essa ação é necessária para planejar as ações posteriores. 

Corte de gastos 

Com os aportes financeiros definidos, é hora de verificar as saídas de dinheiro e cortar gastos. Serviços que estão tendo pouca ou nenhuma utilidade, compras desnecessárias, produtos que podem ser substituídos por outros mais em conta. Faça uma lista e comece a cancelar os serviços que estejam sendo irrelevantes nesse momento. 

Economizar energia elétrica 

Nem todo mundo pensa nisso até que chega a astronômica conta de luz para lembrar de como alguns gestos simples como apagar a luz fazem muita diferença. Com as demandas home office devido ao distanciamento social ocasionado pela pandemia, a conta de luz e os gastos com alimentação subiram drasticamente. Ficamos mais tempo em casa, consumindo mais. Algumas ideias para sua economia de energia elétrica:

  • Aproveite a luz solar – durante o dia deixe as janelas abertas e deixe o sol iluminar o ambiente. Além de economizar energia, a luz solar ajuda a eliminar germes e bactérias;
  • Ao terminar o dia, desligue os aparelhos eletroeletrônicos na tomada. Os aparelhos eletrônicos em stand-by, mesmo desligados, podem representar um gasto elétrico de até 12%;
  • Os três grandes sugadores de energia elétrica numa residência são: o ferro elétrico, o chuveiro e a máquina de lavar. Procure utilizá-los de maneira econômica, menos vezes na semana e você verá uma queda, inclusive nas contas de água; 

Não deixe de programar seu pacote para 2021

Somente o necessário

Siga a teoria do Urso Balu de Mogli “Somente o necessário”. Para finanças criativas, todos os gastos precisam ser planificados e nenhuma compra poderá ser realizada na base do improviso: por isso, antes de ir ao supermercado, faça uma lista de comprar, planeje suas refeições e compre o necessário para aquela semana. Evite o desperdício e experimente novas marcas: muitas vezes pagamos caro por produtos que facilmente poderiam ser substituídos por outros mais em conta (e alguns até de qualidade superior). Vá sozinho para gastar menos e use sua máscara!

Faça uma poupança

Isso poderá parecer antiquado, mas sempre faça uma poupança: ter um dinheiro guardado é sinal de inteligência financeira – nesses tempos incertos nada melhor do que ter um dinheiro guardado para futuras despesas ou imprevistos. O ideal é sempre guardar de 15 a 20% do salário, mas você pode começar com menos, se assim você puder. 

Pesquise e compare 

A boa e velha comparação de preços é essencial para economizar em tempos de crise. Aprenda a negociar valores e procure saber dos principais saldões. Com o crescimento da internet há um sem número de aplicativos que podem te ajudar nessa tarefa. Procure saber das promoções das lojas físicas e virtuais e nãos e esqueça de negociar descontos, sempre. 

Você conhece o Hurb Créditos? Conheça nosso programa de créditos para viajar!

Consumo consciente – reuse!

Forte tendência nesses tempos incertos é o consumo consciente: você economiza e ainda ajuda o meio ambiente, pois deixa de solicitar ao sistema por novos produtos. Valorize os comércios de bairro, as feiras livres, os produtos artesanais e lojas de usados, brechós. Você ainda pode disponibilizar o que você não usa mais, nos famosos sites, grupos e apps de desapego na Internet: você abre espaço no armário e ainda ganha uma grana!  O Hurb é confiável. Valorizamos o que é importante, você. Conheça nossos pacotes e viva mais histórias.  


O texto é um guest post da Semíramis Moreira, da redação do Hurb

Deixe uma resposta

Fechar Menu