Os robôs podem te ajudar a investir!

Os robôs podem te ajudar a investir!

Mais uma vez entramos no mundo das fintechs para ver algo que vem sendo revolucionado. Dessa vez, falaremos especificamente de investimentos, que buscam ser otimizados pelo uso dos robôs investidores.
Um robô investidor é um código implementado em alguma linguagem de programação, que acaba recebendo e processando dados do mercado. Eles realizam tarefas específicas para a execução de trades de Bolsas de Valores e compra e venda de outros ativos, de acordo com o perfil do cliente.

Nos primeiros anos, os robôs eram utilizados exclusivamente para operações na Bolsa de Valores, nas quais buscavam otimizar as operações financeiras de compra e venda (trades), gerando os maiores lucros. Nos últimos tempos, já existem robôs que trabalham com vários tipos de investimentos, inclusive com o Tesouro Direto, tendo seu risco definido a partir dos objetivos e grau de risco do usuário.

Basicamente, esses robôs se baseiam na chamada Análise Técnica, que utiliza análises gráficas e estatísticas para observar o comportamento dos preços. Um dos grandes problemas de se investir na Bolsa de Valores é pelo próprio fator humano estar envolvido. Qualquer ser humano, por mais treinado que seja, apresenta um lado emocional, que pode ser abalado quando acompanhar instabilidades e perdas. Na psicologia econômica, prova-se que há o chamado Sistema 1 no nosso Psicológico, caracterizado por ser emocional, impulsivo e rápido. A figura abaixo mostra o ciclo de pensamento nas horas dos trades:

Continuando nessa linha do fator humano, as pessoas já perdem para as máquinas no quesito velocidade das operações e processamento de dados. Ou seja, com os robôs, as operações acabam sendo executadas bem mais rapidamente e em maiores lotes. Da mesma forma, a vantagem de se trabalhar com um robô é a de não necessitar ficar 100% do tempo acompanhando as operações, uma vez que boa parte dessa responsabilidade pode ser repassada ao algoritmo. Também devemos levar em conta que erros, sejam eles operacionais (computador, internet) ou de desatenção (digitação e interpretação) também são reduzidos com os robôs.
Além desses robôs envolvidos com os trades, por isso chamados de “rôbos-traders”, também surgiu uma linha de robôs criada para recomendar e gerir um portfólio de investimentos personalizado para o perfil e objetivos de cada pessoa. Eles usam a diversificação para maximizar o retorno e reduzir os riscos e custos com o tempo. O nome dessa categoria é “robô-advisor”.

De forma geral, os Advisors são destinados para ganhos a médio e longo prazo, resolvendo o problema de quem quer investir mas não sabe como, com riscos controlados e ganhos moderados. Já os robôs traders possibilitam ganhos mais expressivos no curto e médio prazos.

Segundo o buscador de investimentos Yubb, os robôs de investimentos no Brasil já administram mais de R$ 300 milhões em ativos, e, em 2017, foram uma das melhores opções de rentabilidade, cm 134% do CDI. Os robôs, que antes eram apenas traders da bolsa de valores, passaram a ter diferentes funções. Conheça abaixo alguns deles:

Warren

O robô é na verdade um chatbot que tem a tarefa de entender quem é o humano por trás da tela, quanto ele tem para investir, quais são os seus objetivos financeiros e em quanto tempo pretende atingí-los. A partir das respostas, uma carteira é sugerida, de acordo com o perfil do indivíduo, e este pode começar a fazer depósitos que serão realocados para a carteira montada. O valor mínimo para depósitos é de R$ 100. Uma função legal é a de Objetivos compartilhados, que permite que usuários depositem o dinheiro para uma mesma carteira, possibilitando a geração de maiores retornos.

Custo total: 0,80% ao ano

Custódia: Santander

Elliot

É um robô desenvolvido pelo mesmo pessoal do Warren, só que ele funcionará como uma Exchange de moedas virtuais.

Vérios

O robô da Vérios tenta cumprir uma meta de rendimento e pode realocar os recursos da carteira pré-montada. Ele trabalha com Tesouro Direto e ações de empresas brasileiras e norte-americanas. Uma vantagem é a integração do robô com a corretora Rico.

Taxa de consultoria 0,40% a 0,65% ao ano sobre o valor investido

Custo total (Vérios assume): 0,95% ao ano

Imposto de Renda: varia de investimento para investimento

Custódia: BM&FBovespa

Magnetis

É a pioneira em robôs-advisor no Brasil, existindo desde 2015. Na Magnetis você responde um questionário para traçar seu perfil e seus objetivos. Uma análise é feita e a carteira é montada. São cruzados mais de 15 mil produtos financeiros com o perfil e objetivos do cliente. O robô tem a corretora Easynvest como parceira.
Taxa de consultoria 0,40% ao ano sobre o valor investido.

Taxas de administração: varia de investimento para investimento

Imposto de Renda: varia de investimento para investimento

Valor Mínimo de Aplicação Inicial: R$ 10 mil

Valor Mínimo de Aplicação Adicional: R$ 100

SmarttBot

É uma plataforma para traders operarem na bolsa de forma automatizada. Foi a primeira plataforma a disponibilizar robôs traders em nuvem no Brasil, em 2011. Neste caso, o investidor configura sua estratégia nos robôs, que enviam as ordens diretamente para as principais corretoras do país. Uma grande vantagem é a possibilidade de operar simultaneamente com vários robôs em um mesmo papel. Há também uma Loja de Estratégias (gratuitas e pagas) para serem seguidas.

Monetus

É uma gestora de investimentos digital, na qual o usuário responde o questionário para determinar seu perfil e seus objetivos, e, a partir dai, pode transferir dinheiro para a sua carteira recomendada. A empresa também possui uma página destinada a investimentos nos melhores fundos de previdência do país.

Custo total: 0,6% ao ano

InvestPro

Todos os robôs citados anteriormente são classificados como gestores de investimentos, de acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Este robô em específico é um consultor financeiro, que traça perfil dos clientes, mas, ao contrário dos outros robôs, não faz os investimentos, apenas faz a sugestão dos mesmos dentro das instituições financeiras parceiras. Apresenta três opções de planos: Gratuito, Premium (R$ 9,90 por mês) e Avançado (em breve). A diferença entre os planos pode ser consultada neste link.

Conforme visto, existem diferentes robôs. Alguns funcionam mais como consultores de investimentos, que buscam montar a melhor carteira para o cliente de acordo com o perfil e os objetivos de cada um. Outros já possibilitam maior manejo, podendo inclusive programar as próprias estratégias. A ideia dos robôs é otimizar e trazer os melhores resultados, porém, a base, envolvendo Educação Financeira e conhecimento do serviço ou produto que está se contratando são fundamentais para concretizar isso tudo. Ter um desses robôs não é sinônimo de lucro, mas sim, mais um forma de conseguir bons investimentos e boas estratégias.

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

2 × 3 =

Fechar menu