Como um ERP organiza as finanças de sua empresa

Como um ERP organiza as finanças de sua empresa

Para a boa saúde financeira de uma empresa, é preciso controle. Para isso, todas as informações precisam estar registradas, inclusive o cafezinho pago com dinheiro da empresa. Qualquer entrada ou saída de dinheiro deve ser contabilizado. 

O uso de um ERP, sistema de gerenciamento, oferece diversos recursos para que as informações fiquem centralizadas, proporcionando uma melhor análise financeira. Neste conteúdo vamos apresentar algumas das possibilidades encontradas em um ERP.

Organizando as finanças com um ERP

Primeiramente, é preciso encontrar um ERP que atenda as necessidades do seu negócio. O Tiny ERP, por exemplo, é especialista em e-commerce e oferece diversos recursos para que as finanças da empresa fiquem organizadas. 

No ERP, é possível categorizar as receitas e as despesas, para que a empresa possa ter uma melhor visão do que está acontecendo no financeiro. Ainda, poderá cadastrar contas financeiras e bancárias para que saiba de onde veio e para onde o dinheiro está indo.

Veja agora algumas das funcionalidades de um ERP, que vão facilitar a rotina financeira de sua empresa. 

Controle de contas a receber

A empresa precisa registrar todas as contas a receber dos clientes, para que tenha uma previsão de entrada de dinheiro. As contas são classificadas de acordo com sua situação, como por exemplo, em aberto, recebidas e atrasadas. Assim, você consegue saber quanto tem para receber, quanto foi recebido e quais clientes não pagaram sua dívida. 

Os relatórios apresentam estas informações de forma organizada, para que a empresa tenha controle do que está acontecendo no financeiro. 

O ERP ainda oferece uma facilidade, que é o lançamento destas contas a partir dos pedidos de venda ou notas fiscais. Dessa forma, não é preciso efetuar a venda e ainda criar as contas a receber. O processo pode ser automatizado, evitando esquecimentos na hora de incluir contas. 

Controle de pagamentos

O controle dos pagamentos tem a mesma importância e funciona de forma parecida que o controle de contas a receber. Porém, neste caso, devem ser reunidas todas as contas que a empresa precisa pagar. 

Sem um controle adequado, é possível que haja esquecimento de alguma conta, o que pode acarretar em problemas para as empresas. Além disso, a centralização das contas permite uma melhor visualização de tudo que a empresa precisa pagar e do que já pagou.

Para facilitar o lançamento destas contas, o ERP permite que a ação seja realizada diretamente pelas ordens de compra ou notas fiscais de entrada, se estiver corretamente preenchido. Este processo ainda pode ser automatizado para que nada seja esquecido.

Fluxo de Caixa

O Fluxo de Caixa mostra as entradas e saídas de dinheiro futuras, ou seja, é uma previsão do que vai acontecer no financeiro de uma empresa, em um determinado período de tempo.

Se todas as contas a pagar e a receber estiverem preenchidas corretamente, o relatório de Fluxo de Caixa oferece dados precisos sobre o que está por vir. A empresa consegue saber se o dinheiro previsto para entrada é suficiente para suprir as contas dos meses a seguir, por exemplo. 

Balancete

O Balancete, ao contrário do Fluxo de Caixa, mostra todas as contas a pagar e a receber que já foram efetivamente baixadas. Ele pode ser utilizado para avaliar o estado financeiro do negócio em um período específico e até acompanhar as metas financeiras de uma empresa.

Este documento é opcional, ou seja, não é exigido a nenhuma empresa. Seu uso é sobretudo gerencial, para que seja possível tomar decisões assertivas através de dados precisos.

Demonstrativo de resultados (DRE)

O DRE tem como objetivo principal mostrar a movimentação financeira de uma empresa, incluindo receitas, despesas, taxas, custos entre outras informações. Com isso, consegue agrupar as contas conforme categoria para apurar o resultado líquido em um determinado período.

Esta é uma ferramenta aliada para medir a saúde financeira de uma empresa e também auxiliar na tomada de decisões. No final, a empresa consegue verificar onde chegou e se houve lucro ou prejuízo. 

Concluindo

Cuidar da saúde financeira é fundamental para os negócios. Com a organização das contas, é possível saber se é o momento de investir ou de cortar os gastos, por exemplo. O ERP contém diversos recursos que tornam a rotina financeira mais fácil e precisa.

O Tiny ERP oferece estas e outras funcionalidades para que sua empresa tenha sucesso empresarial. Se você ainda não conhece, crie sua conta e otimize seu negócio. 


Este artigo é um guest post da redação do Tiny ERP.

Deixe uma resposta

Fechar Menu