Guia completo sobre Consórcio Imobiliário

Guia completo sobre Consórcio Imobiliário

Para quem quer sair do aluguel e não têm condições de comprar um imóvel a vista, o consórcio de imóveis é uma boa opção. Esta modalidade está crescendo em meio à crise, oferecendo taxas menores vem se tornando uma boa forma de adquirir um imóvel. Caso você esteja interessado em deixar de pagar aluguel anual em Balneário Camboriú em  e decidir  financiar um imóvel através de um consórcio, deve procurar uma empresa administradora de consórcios que vai te instruir a fazer parte de um grupo de pessoas com o mesmo interesse que o seu essa administradora irá cobrar uma parcela mensal sem cobrar juros, com uma taxa de administração embutida bem mais baixa que a taxa de juros de outros métodos de compra. Ao fazer um consórcio você tem 100% do valor do imóvel parcelado, ou seja, não precisa pagar uma entrada. Para quem participa de um consórcio é como se fizesse uma poupança em grupo. Para os integrantes desse grupo no momento da assinatura do contrato define-se uma quantia que deverá ser paga todo o mês a partir da primeira parcela.

Após trinta dias, e até que o contrato termine, uma ou mais pessoas são contempladas com uma carta de crédito através de um sorteio, com esse documento em mãos o consorciado pode adquirir seu imóvel conforme consta no ato de contratação da cota. O sorteio serve somente para definir a ordem dos membros que serão contemplados, porque no término do prazo estipulado, todos os membros serão contemplados.

Listamos abaixo algumas dicas para você entender um pouco mais sobre consórcio imobiliário.

Para receber seu imóvel

Conforme mencionamos acima a ordem para receber seu imóvel é definida através de um sorteio, e nem um dos consorciados sabe quando será contemplado, mas você pode antecipar a contemplação de seu imóvel oferecendo um lance, uma espécie de adiantamento no valor das demais parcelas a serem pagas.

Você não paga taxa de juros

O consórcio não tem juros, este é um dos motivos que atraem os consumidores, a taxa de administração que está embutida nas parcelas pagas durante o tempo de vigência do contrato é muito inferior quando comparada com as taxas dos bancos. Desta forma o custo final torna-se baixo bem como o valor das parcelas pagas mensalmente. Deixando o consorciado bem mais próximo de realizar o sonho de ter sua casa própria. Para atrair mais integrantes as administradoras estão investindo na variedade de prazos e planos, desta forma antes de fazer um consórcio é possível escolher o que melhor se adapta ao seu perfil, definindo um valor adequado para a carta, com mensalidades que cabem no seu bolso, e ainda escolher o melhor prazo para efetuar o pagamento das parcelas, sem comprometer seu orçamento.

Facilidade para adquirir seu imóvel

Um dos benefícios do consórcio está em aceitar um consorciado sem comprovação de renda diferente de alguns financiamentos realizados pelas imobiliárias em Balneário Camboriú, facilitando a aquisição de uma cota principalmente para aqueles que trabalham informalmente. Uma característica peculiar dos consórcios é trabalhar usando a menor burocracia possível buscando favorecendo o consorciado na aquisição do imóvel.

Como utilizar a carta de Crédito

Quando o consorciado é contemplado com a carta de crédito pode usar o valor para adquirir um imóvel residencial ou comercial novo ou usado. Podendo ainda comprar terrenos, ou utilizar o montante recebido para reformar ou construir. E caso possua algum imóvel financiado pode usar a carta de crédito para quitar a dívida.

É seguro fazer um consórcio?

As administradoras são fiscalizadas pelo Banco Central que tem plena autoridade para regularizar o financiamento, protegendo os interesses dos consorciados. Os contratos feitos entre as administradoras e os consorciados são regidos pela lei nº 11.795/2008, garantindo uma finalização segura para um negócio que envolve uma importância alta como o valor de uma casa. Por isso antes de adquirir uma cota é importante verificar se a empresa está credenciada ao Banco Central.

 A contemplação

A contemplação é feita de duas formas específicas, uma delas é através do sorteio realizado mensalmente na qual o integrante sorteado é notificado pela administradora. Mas como as assembléias são transmitidas pela internet o integrante pode assistir o sorteio ao vivo.

A outra forma é através do lance, dado como forma de adiantar o pagamento das parcelas, mas para ser que o participante seja contemplado através do lance este deve ser o de maior valor oferecido no mês. Em relação ao lance as regras podem variar dependo da empresa administradora, por esse motivo devem-se consultar as regras e o andamento do grupo.

Parcelas em Atraso

Uma dúvida frequente de quem está pensando em fazer um consórcio “é se eu não conseguir pagar as  parcelas todo mês?”. Em caso de pequenos atrasos com por exemplo um mês é feito o seguinte procedimento é aplicada uma multa no valor da

parcela que não foi paga com uma taxa de juros e caso o integrante do consórcio não seja contemplado ele não terá participação na assembleia. Quando o consorciado tem atrasos maiores a situação fica um pouquinho mais complicada, ele pode ser excluído do consórcio caso esteja devendo 6 meses ou mais. Caso você venha a ser contemplado e esteja devendo algumas parcelas pode  existir chances de perder a contemplação, e se o consorciado já tiver sido contemplado e não pagar as parcelas após a contemplação o imóvel pode ser colocado à venda e o valor adquirido é utilizado para quitar o restante das parcelas. Por isso é preciso pensar bastante ao entrar em um consórcio analisar se o valor das parcelas condizem com sua condição financeira para que você não acabe saindo prejudicado e deixando essa oportunidade de adquirir um imóvel escapar é preciso seriedade pois estamos falando de bens de alto custo para as pessoas e se não fossem todas essas normas rígidas em questão das parcelas o consórcio não seria visto com tamanha credibilidade.

 

“Gostou deste texto? então compartilhe com seus amigos para eles conheceram mais sobre o consórcio.” 


O artigo acima é um guest post escrito pela equipe do Chaves na Mão

Deixe uma resposta

Fechar Menu